• (31)3309-3598
  • (31)999688684
  • (31)975822396

Notícias

Seguro Automóvel mais barato

Seguro auto mais barato na crise

21 de julho de 2015

Seguro auto mais barato na crise

“A crise está aí. Tudo anda muito difícil”. Quantas vezes você já ouviu frases desse tipo, nos últimos dias? Que a situação econômica do nosso país não está fácil, todos sabemos. Projeção de inflação a 9 por cento para 2015 é um dado alarmante. Devido a isso, qual a primeira coisa que todos nós começamos a fazer? Cortar ao máximo todo tipo de gastos.

            Muitos brasileiros estão mudando o comportamento de compra e escolhendo minuciosamente com o que realmente vão gastar dinheiro. Com o seguro de veículo isso não é diferente. Muitos clientes ficam no impasse quando vão contratar um seguro auto ou renovar o atual. É comum aparecerem os questionamentos: será que eu renovo? Será que eu contrato aquela seguradora? Ou deixo isso mais pra frente? O valor está fora do meu orçamento e esta crise não está ajudando...

            Pra isso existe solução! Existem dicas essenciais para fazer com que o valor do seguro de carro caia e caiba no bolso do cliente. Veja só:

- se o seu veículo possui alarme, rastreador ou outro dispositivo de segurança, a companhia de seguros pode considerar que você tem mais cuidado com seu carro e pode te ajudar com o preço;

- na renovação, analise se você realmente vai precisar de todos os serviços extras, como bombeiro, eletricista, carro reserva, reboque ilimitado, além das coberturas de faróis, lanternas e retrovisores. Corte o que for necessário, pelo menos até a próxima renovação;

- se você vai de carro para o trabalho, procure estacioná-lo em garagem (ou estacionamento privado) e informe isso ao seu corretor;

- não tenha receio de utilizar do atendimento do seu corretor, pois ele vai ter acesso à todas as propostas, preços e coberturas mais em conta por causa da crise;

- por último, coloque no seu radar de pesquisa falar com a Prevline, pois podemos cotar seu seguro com até 10 seguradoras diferentes, enquanto outras corretoras podem lhe oferecer poucas cotações para sua análise.

VOLTAR